Museus
Visitinha nas Artes Publicado: 18 Março 2022 | Última Atualização: 17 Março 2022

Projeto infantil gratuito promove oficina de musicalização aos domingos, das 11h às 13h, na CIDADE DAS ARTES a partir de 13 de março.

Programa voltado para as crianças, o ‘VISITINHA NAS ARTES’, foi criado por Mila Schiavo, percussionista, baterista, produtora e empresária musical. Ao idealizar o projeto, Mila criou a personagem Batutinha, menina negra que almeja ser maestrina e caminha batendo os pés no ritmo das músicas, como se estivesse batendo num tambor. Seu amor pelas artes a levou a se abrigar na Cidade das Artes e lá ficou, servindo de exemplo de representatividade, inclusão e inspiração para jovens artistas.

Mila explica: "A Visitinha nas Artes'' é uma forma lúdica de apresentar a Cidade das Artes para as crianças, para isso foi criada a personagem Batutinha, o fio condutor dessa história. Em um primeiro momento, as crianças poderão conhecer a história do complexo, sua arquitetura, e as salas de espetáculos e ensaios, que estão entre as melhores do mundo. A segunda parte do programa é a oficina de musicalização infantil, onde iremos trabalhar com conceitos musicais como regência, naipe, ritmo, melodia e harmonia."

A ‘Visitinha’, com roteiro de Massimo Ferrarese, é conduzida pela Professora de Musicalização Caroline Ribeiro, que interpreta a Batutinha.

O programa é dividido em duas partes:
Visita guiada na Cidade das Artes, vai despertar o interesse das crianças nas artes e questões urbanas, tendo como partida o projeto do arquiteto francês Christian de Portzamparc, também responsável pelo Cité de La Musique de Paris. O roteiro criado por Massimo Ferrarese, apresenta a personagem Batutinha acompanhada de um guia profissional de turismo para a comunicação entre os participantes.

Oficina de Musicalização Infantil com duas professoras. Uma das professoras será a Batutinha e a outra o músico amigo, que estará ensaiando com ela. Existe uma relação entre a Batutinha andar marcando os pés no ritmo das músicas e seu desejo em ser maestrina. Antes do surgimento da figura do maestro, os músicos das orquestras eram "guiados" por uma marcação de tempo, ou seja, a marcação de tempo é, de forma bem simples, a primeira função do maestro em um coro ou orquestra. A aula ensinará de forma lúdica a importância do ritmo através de brincadeiras, percussão corporal e canto.

Serviço:
FamTour & Ensaio Final Aberto (2 Visitinhas)
Domingo - 06 de março em dois horários - 9h e 11h
50 lugares em cada Visitinha

Estreia
13 de março às 11h
Ingresso: gratuito, disponíveis no Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/71792
Duração: 90 minutos (45 de visitação e 45 de oficina)
Periodicidade: março a dezembro de 2022

Capacidade: 50 pessoas com capacidade máxima de 20 crianças e com a exigência de pelo menos um responsável durante todo programa.
Serão disponibilizados no site do Sympla 45 ingressos (5 tickets são para a Secretaria de Cultura do RJ, como contrapartida.)

Acessibilidade: A Cidade das Artes tem acessibilidade e a ‘Visitinha’ conta com profissional intérprete de libras.
Classificação etária: 3 a 12 anos (Crianças de colo podem ir com os pais, sem participar da aula)
Atenção: O público deve levar documentação e comprovante de vacinação para pegar os fones de ouvido e participar da ‘Visitinha’.

Mais informações no site: http://cidadedasartes.rio.rj.gov.br/programacao/interna/1336

Equipe:
Direção, criação e produção executiva: Mila Schiavo
Roteiro: Massimo Ferrarese
Produção: Bianca Calcagni