Passeios
Sitio Burle Marx Publicado: 08 Abril 2014 | Última Atualização: 23 Abril 2019

O local possui 350 mil metros quadrados, e foi transformado em ponto de visitação voltado para as atrações da flora, contando com milhares de espécies de plantas que eram cultivadas por seu proprietário.

O Sítio Burle Marx foi residência do famoso paisagista brasileiro, Roberto Burle Marx, entre os anos de 1949 e 1994. O paisagista conseguiu reunir uma das mais importantes coleções de plantas tropicais e subtropicais do mundo em seu sítio, que conta com mais de 3.500 espécies. Este grande conjunto de plantas vivas adaptou-se perfeitamente à natureza habitual do sítio, composta por manguezal, restinga e Mata Atlântica.

Há ainda pinturas, esculturas, desenhos, tapeçarias, vitrais, painéis de azulejos, entre outras peças criadas por Roberto Burle Marx.
O espaço foi comprado pelo famoso paisagista nos anos 40. A intenção era colecionar espécies vegetais, projeto que foi levado adiante ate que a área foi doada para o governo, em 1985. Atualmente, o local é um centro de pesquisa e recebe visitantes atraídos pela diversidade de plantas.

As visitas guiadas ao parque são acompanhadas por profissionais do sítio, que apresentam aos visitantes as espécies que o habitam e contam a história deste importante arquiteto e paisagista brasileiro. Além de um passeio pela parte botânica do espaço, os visitantes descobrem também a arquitetura, o atelier de pinturas e as coleções pessoais de plantas de Burle Marx. Há ainda o Museu Casa de Burle Marx, que preserva 3.125 peças, entre raros objetos de arte e artesanato reunidos ao longo da vida do paisagista.

Estrada Roberto Burle Marx, 2019
Telefone: (21) 2410-1412
srbm@iphan.gov.br
Horário: apenas com agendamento - 3ª a sab, 9h30 e 13h30
Ingressos em espécie: R$ 10 por pessoa, crianças até cinco anos não pagam, idosos e estudantes pagam meia entrada.
Grupos fechados: horário a combinar (até 35 pessoas / 90 min. de duração) Visita especial: visita privativa e/ou fora do horário.