Passeios
Férias no Instituto Inhotim Publicado: 05 Janeiro 2019 | Última Atualização: 05 Janeiro 2019

Inhotim oferece programação especial de férias com oficinas para adultos e crianças. Público poderá participar de visitas mediadas gratuitas pelas novas exposições e atividades sobre stop motion, aromaterapia, xilogravura e frutas do verão.

Nos meses de janeiro e fevereiro, os visitantes podem participar das oficinas “Difusor Pessoal”, “Frutas do Verão”, “Stop Motion” e “Xilogravura”. As atividades têm como ponto de partida estimular a criatividade e a diversão dos participantes e abordam os acervos artístico e botânico do Inhotim, além de histórias e memórias da região e da Instituição.
Quem visitar o Inhotim nesse período também terá a oportunidade de conhecer novas exposições. No dia 15 de dezembro, o Museu recebeu a obra Spider (Aranha), da artista francesa Louise Bourgeois. A escultura de mais de 3 metros de altura e mais de 700 quilos pertence ao acervo do Itaú Cultural e ficará exposta no Inhotim até 14 de abril. Depois, o trabalho segue para outras instituições no Brasil. Veja mais informações sobre a Spider neste link: http://www.itaucultural.org.br/presskit/spider/.

Outras três novas mostras estão em exibição nas galerias temporárias Praça, Lago e Fonte. As exposições foram inauguradas no dia 6 de setembro e apresentam obras de importantes nomes da arte contemporânea, como Yayoi Kusama, Robert Irwin, David Lamelas e Paul Pfeiffer. Em janeiro e fevereiro, o Educativo Inhotim promove visitas temáticas gratuitas pelas novas exposições, dando ao público a oportunidade de conhecer as obras e seus artistas mais profundamente.

Visitação
Com 12% do total do público anual, janeiro representa o segundo melhor mês de visitação no Inhotim, depois de julho, com 18%. A expectativa da Instituição é de um aumento de 34% na visitação este mês na comparação com dezembro passado. Em média, o Instituto recebe por ano 350 mil visitantes.

Programação completa de janeiro e fevereiro:
- Oficina de Stop Motion
Atualmente, a Galeria Fonte (G4 no mapa) exibe a mostra “Para Ver o Tempo Passar”, dedicada à exibição de obras audiovisuais, linguagem cada vez mais presente nas produções de artistas contemporâneos. O “Stop Motion” é uma técnica de animação, que utiliza de uma câmera fotográfica, massa de modelar e muita criatividade para criação de uma sequência em que se tem a ilusão de movimento. Artistas como William Kentridge utilizam dessa técnica em sua produção.Além de compreender os processos que remontam a origem da linguagem audiovisual como se conhece atualmente, a oficina tem o objetivo de?construir junto ao público todas as etapas de produção de um vídeo de animação “Stop Motion”. Desde a elaboração do roteiro, preparação dos personagens, até os ensaios das cenas e fotografia quadro a quadro.
Quando: 09 de janeiro e 06 de fevereiro (quartas)
Horário: 14h
Local: próximo à árvore tamboril (B1 no mapa)
Público: crianças acima de 10 anos acompanhadas de responsável
Observação: 15 vagas, inscrições no local a partir de 13h30

- Oficina de Difusor pessoal / Aromaterapia
A aromaterapia foi desenvolvida mesclando conhecimentos populares e científicos acerca de espécies vegetais e suas propriedades. Cheiros estão profundamente ligados ao nosso sistema límbico – a parte do ser humano que se conecta, sente, experimenta, se inspira e motiva. O método de inalação é considerado um dos mais eficazes na utilização de óleos essenciais, e através dele é possível desenvolver a calma, o vigor e também levantar o humor! Seu uso pode ainda melhorar desempenho cognitivo, memória, foco e criatividade. O acervo botânico do Inhotim será o ponto de partida desta oficina que resultará na fabricação de um difusor pessoal, considerando o histórico e as qualidades terapêuticas das plantas e de seus óleos.
Quando: 16 de janeiro e 13 de fevereiro (quartas)
Horário: 14h
Local: Viveiro Educador
Público: acima de 14 anos
Observação: 20 vagas, inscrições no local a partir de 13h30

- Oficina de Xilogravura Coletiva
Em local estratégico no espaço do Instituto – próximo à árvore tamboril, ao banco do Hugo França, e à escultura Gui Tuo Bei (2001), de Zhang Huan – será possível trabalhar, em uma prática coletiva, a relação entre a tradição dessa expressão artística e os elementos naturais do entorno.
Quando: 23 de janeiro e 20 de fevereiro (quartas)
Horário: 14h
Local: próximo à árvore tamboril (B1 no mapa)
Público: acima de 14 anos
Observação: 12 vagas, inscrições no local a partir de 13h30

- Oficina Frutas do Verão
Nos jardins do Inhotim, é possível encontrar uma grande variedade de plantas cujos frutos são bem conhecidos. Mas qual deles é típico do verão no Brasil? Por que se deve dar prioridade a frutos e outros vegetais típicos de cada estação do ano? A oficina “Frutas do Verão” convida o visitante a descobrir algumas curiosidades sobre deliciosas frutas típicas do verão brasileiro e presentes no acervo do Inhotim. A oficina pretende provocar a reflexão sobre o cultivo e consumo de frutas e outros vegetais no Brasil e no mundo através da feitura coletiva de uma salada de frutas.
Quando: 30 de janeiro e 27 de fevereiro (quartas)
Horário: 14h
Local: próximo ao Magic Square (A12 no mapa)
Público: livre

Observação: 15 vagas, inscrições no local a partir de 13h30
- Visita Temática Inaugurações
A Visita Temática do início do mês de janeiro aborda as exposições inauguradas no Inhotim, sendo um momento de conversa sobre os artistas, seus trabalhos e temas trazidos à tona nas montagens. “Lamelas, Irwin, Kusama: Sobre a Percepção”, na Galeria Lago, convida a pensar como sentimos e percebemos o mundo que nos cerca. " Paul Pfeiffer, Ensaios Vitruvianos", na Galeria Praça, sugere reflexões sobre cultura de massas e a espetacularização da vida contemporânea. E, na Galeria Fonte, “Para ver o tempo passar" é uma coletiva de vários artistas que trabalham com o audiovisual, como John Gerrard, Marcellvs L., Mario García Torres e outros. Além do uso na arte, o audiovisual está presente em nossas vidas, mais do que imaginamos.
Quando: 02, 05 e 06 de janeiro (quarta, sábado e domingo)
Horário: 10h30
Local: saída da Recepção
Público: livre
Observação: 25 vagas, inscrição no local a partir das 10h15

- Visita Temática: Um Emaranhado de Teias – Da Construção Poética Visual no Espaço ao Tear Artesanal
Aproveitando a inauguração da obra Spider (1996), da artista Louise Bourgeois, o Educativo Inhotim convida os visitantes para a Visita Temática “Um Emaranhado de Teias – da construção Poética Visual no Espaço ao Tear Artesanal”. Por meio dessa visita, os participantes serão introduzidos ao trabalho da artista, assim como seu simbolismo, proporcionando uma experiência estética na qual fios de lã e um tear portátil poderão ser utilizados para tecer ideias, deslocar e realocar corpos, mudar direções e fluxos ao caminhar por alguns pontos do acervo do Inhotim.
Quando: 09 de janeiro a 27 de fevereiro (quartas, sábados, domingos e feriados)
Horário: 10h30
Local: Saída da Recepção
Público: livre
Observação: 25 vagas, inscrição no local a partir das 10h15

SERVIÇO:
Horário de funcionamento do Inhotim
Quarta a sexta: 9h30 às 16h30
Sábado e domingo: 9h30 às 17h30

Opções de transporte
Para chegar ao Inhotim, localizado a 60 km de Belo Horizonte, é possível pegar uma das vans oferecidas pela Belvitur, operadora de turismo e eventos do Inhotim, que saem da Savassi. Há também a opção dos ônibus da Saritur, com saída da rodoviária. 

Vans Belvitur
Onde: saída do Hotel Holiday Inn – Rua Professor Moraes, 600, Funcionários – BH/MG
Valor: R$ 66 ida e volta
Como comprar: mediante reserva por telefone (31) 3290-9180 ou e-mail: inhotim@belvitur.com.br

Ônibus Saritur
Onde: saída da Rodoviária de Belo Horizonte
Valor: R$ 38,70 (ida) e R$ 35 (volta)
Mais informações: www.saritur.com.br

 


Instituto Inhotim
Rua B, 20 – Brumadinho/MG
www.inhotim.org.br
31 3571-9700 | 31 3194-7300