Palavra de especialista
Dicas para proteger a navegação de crianças e adolescentes Publicado: 20 Maio 2019 | Última Atualização: 27 Maio 2019

Empresa de segurança traz informações úteis e ferramentas diferentes para cuidar dos jovens que navegam pela web

São Paulo, Brasil – Com o passar dos anos, a tecnologia evoluiu, e seu uso está cada vez mais comum entre as crianças e adolescentes. Neste contexto, cabe aos adultos, pais e responsáveis assegurar que a inserção deles no mundo digital seja a mais segura, educativa e divertida possível.

"Assim como existem riscos no mundo digital, também há muitas ferramentas disponíveis para combatê-los e cuidar dos pequenos. Para garantir a proteção na Web, disponibilizamos nosso aplicativo de controle parental para Android, ESET Parental Control, projetado com o único propósito de proteger as crianças quando elas usam o smartphone ou Tablet”, diz Camilo Gutierrez, chefe de laboratório da ESET América Latina.

Para completar o atendimento das crianças na rede, a partir do Laboratório de Pesquisa da ESET, segue uma lista de tarefas de segurança, idealmente para ser realizada uma vez por mês:

1. Certifique-se de que os dispositivos tenham seu software sempre atualizado: isso melhora os aplicativos para que eles incluam as funcionalidades mais recentes; também mantém os usuários protegidos contra inúmeras ameaças, como malware. Isso ocorre porque as vulnerabilidades podem ser descobertas pelos pesquisadores de segurança e, se uma atualização não for feita, as falhas detectadas poderão continuar a apresentar riscos

2. Remova os elementos digitais que não são necessários: Itens que não são mais úteis ou que não valem a pena salvar, músicas, pastas dentro de outras pastas, sucessões de arquivos, são um fardo desnecessário e consomem espaço, mesmo que apenas digitalmente. Portanto, é importante fazer limpeza digital, eliminando ou arquivando tudo o que for inútil.

3. Seja criativo ao escolher senhas: proteja o acesso à vida pessoal e profissional. A adoção de boas práticas no uso de senhas dificulta o caminho dos cibercriminosos. Para mais informações, siga estas dicas de como criar uma senha segura.

4. Faça backup de todos os dados: os cibercriminosos estão cientes de que, ao obter informações em dispositivos pessoais, eles podem extorquir usuários. Como resultado, uma das tendências mais importantes dos últimos anos tem sido o ransomware. A solução é realizar um backup dos dados periodicamente. Dessa forma, se você for vítima de um ataque, uma cópia estará disponível para restaurar os dados.

Tendo em conta a importância da segurança das crianças, a ESET lhe convida a visitar o seu site Digipais que possui as informações necessárias para ajudar os jovens a desfrutar da tecnologia da forma mais segura. Para ver as informações completas, vá para: https://digipadres.com/novedades/51-6-consejos-para-proteger-la-webcam-de-tus-hijos.

Para mais informações sobre segurança de informática, acesse o portal de noticias da ESET: https://www.welivesecurity.com/br/
Visite-nos em: @eset_brasil /company/eset-brasil

Sobre a ESET
Desde 1987, a ESET® desenvolve soluções de segurança que ajudam mais de 100 milhões de usuários a usar tecnologia com segurança. Seu portfólio de soluções oferece às empresas e aos consumidores em todo o mundo um equilíbrio perfeito de desempenho e proteção proativa. A empresa possui uma rede global de vendas que abrange 180 países e tem escritórios em Bratislava, São Diego, Cingapura, Buenos Aires, Cidade do México e São Paulo. Para mais informações, visite http://www.eset.com.br/ ou nos siga no LinkedIn, Facebook e Twitter. Desde 2004, a ESET opera na América Latina, onde conta com uma equipe de profissionais capacitados a responder às demandas do mercado local de forma rápida e eficiente, a partir de um Laboratório de Pesquisa focado na investigação e descoberta proativa de várias ameaças virtuais.