Busca:
Home Shoppings Cinco formas de ensinar as crianças a guardar dinheiro

Newsflash

Festa do Peão

Rancho do Peãozinho reúne diversas atrações para o público infantil durante a Festa do Peão de Barretos.

Leia mais...
Rio Design Barra terá Espaço de Leitura

Turma do Instituto Rogerio Steinberg participa da inauguração do espaço.

Leia mais...
Dora no Teatro

Último fim de semana. Dora e os amigos Beni e Isa vão tentar realizar uma festa surpresa para o seu amigo “BOTAS” o macaco.

Leia mais...
Aviso

Thermas dos Laranjais terá tarifa especial em agosto. Parque tem mais de 50 atrações, incluindo a maior montanha-russa aquática do Brasil e a única pista de surfe 180° do país.

Leia mais...
Cinco formas de ensinar as crianças a guardar dinheiro PDF Imprimir E-mail

Evitar que as crianças sejam consumistas é um desafio. A principal orientação é que sejam educadas financeiramente desde a infância, de acordo com o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos.

“A falta de paciência e o constante desejo por coisas novas são indícios de que crianças e jovens podem estar se tornando consumistas e devem ser educados financeiramente. O ideal é que aprendam, o quanto antes, a poupar para conquistar seus sonhos”, orienta Domingos.

Confira 6 formas de ensinar as crianças a guardar dinheiro:

1- Dê mesada
Caso a criança tenham contato constante com o dinheiro, pedindo valores com frequência, considere dar mesada. O ideal é que ela poupe parte do valor e use a outra parte para o consumo. Não é interessante poupar tudo, tão pouco consumir tudo – quando se trata de dinheiro, é preciso ter equilíbrio.

2- Converse sobre sonhos
Toda criança tem desejos e sonhos, que podem ser materiais (como ter brinquedos e livros novos) ou não materiais (como fazer um amigo, por exemplo). Reserve um momento em um ambiente agradável para falar sobre os sonhos. Para que a criança tenha os sonhos sempre em mente, peça que desenhe e converse sobre cada um deles. Assim ela terá constante estímulo para realizá-los.

3- Ensine a guardar em cofrinhos
É interessante que as crianças poupem para seus sonhos em três cofrinhos de tamanhos e cores diferentes, um para cada sonho: de curto prazo (a ser realizado em até um mês), médio prazo (seis meses) e longo prazo (até um ano).

4- Veja se a escola debate Educação Financeira
Diversas escolas da região oferecem aulas de educação financeira para os alunos, por isso, é importante entender como a escola do seu filho debate esse aluno e, se não, buscar incentivar a abordagem desse tema. Quando a responsabilidade de educar financeiramente as crianças é compartilhada, os resultados são melhores.

5- Dê o exemplo
As crianças são observadoras e aprendem muito pelo exemplo, portanto é importante que os pais tenham educação financeira, poupem para conquistar seus próprios sonhos e consumam de forma consciente.

Fonte: DSOP Educação Financeira

Sobre Reinaldo Domingos
É Doutor em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin – www.abefin.org.br) e da DSOP Educação Financeira (www.dsop.com.br). Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do InfoMoney e da Rádio Bandeirantes. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira.

Sobre a DSOP Educação Financeira

A DSOP Educação Financeira (www.dsop.com.br) é uma organização dedicada à disseminação da educação financeira no Brasil e no mundo, por meio da aplicação da Metodologia DSOP, criada pelo educador e terapeuta financeiro, Reinaldo Domingos.
Atualmente, dispõe de uma rede formada por mais de 250 educadores financeiros e mais de 60 franquias de negócios em todo o Brasil e uma nos Estados Unidos (Orlando, Flórida), que compartilham da missão de disseminar a educação financeira, romper com o ciclo de pessoas com desequilíbrio financeiro e construir novas gerações e famílias sustentáveis financeiramente.